O Laboratório Alvaro está de cara nova!

Deseja tornar este perfil sua página inicial quando acessá-lo novamente?

X

Atendimento ao Cliente:

Menu de Exames

ANTICORPO MODULADOR DO RECEPTOR DE ACETILCOLINA

A A

O Laboratório Alvaro oferece mais de 1400 tipos de exames de prevenção e tratamento. Consulte abaixo todas as informações e orientações para cada tipo.

  • Código: ACETM
  • Material: soro EXT
  • Sinônimo: ANTICORPO MODULADOR DO RECEPTOR DE ACETILCOLINA
  • Volume: 1,0 mL
  • Método: Radioimunoensaio
  • Volume Lab.: 1,0 mL
  • Rotina: Diária
  • Resultado: 25 dia(s)
  • Temperatura: Congelado
  • Coleta: Jejum não necessário.
  • Código SUS:
  • Código CBHPM: 0.00.00.00-0

Interpretação

  • Na miastenia gravis autoimune, de 75 a 80% dos pacientes têm anticorpos dirigidos contra o receptor de acetilcolina. A natureza heterogênea da resposta de anticorpos ao receptor de acetilcolina (AChR) levou à categorização de anticorpos RACh em 3 tipos: de ligação, bloqueio, e modulando anticorpos. Este anticorpo age através da modulação antigênica entre duas moléculas adjacentes do receptor de acetilcolina. Indicação: Diagnóstico de miastenia gravis Interpretação clínica: Podem ser observados ou não na doença ativa. Nem o nível dos anticorpos, nem o tipo de anticorpo detectado têm relação com a severidade da doença. Títulos mais elevados costumam ser observados em mulheres jovens com timo hiperplásico e geralmente são mais baixos em pacientes mais velhos e com atrofia de timo. Sugestão de leitura complementar: Berrih-Aknin S, Frenkian-Cuvelier M, Eymard B. Diagnostic and clinical classification of autoimmune myasthenia gravis. J Autoimmun 2014; 48-49: 143-148. Eymard B. Antibodies in myasthenia gravis. Rev Neurol (Paris) 2009;165(2):137-43.

Referência

  • Inferior a 32%